REFERENCE EXHIBITIONS IN ITALY
ASSOCIATED COMPANIES

ASSOMAC ONSTAGE

 

B02. - Máquinária de preparação de cabedal e costura

Maquinária, equipamentos e acessórios para manufatura de cabedais (parte superior do sapato) e sua união através de costura.

Máquinas que equalizam a espessura do couro para o cabedal, removendo material do lado da raspa. Também podem fazer o chanfro lateral com auxilio de guias, seguindo uma geometria definida. Geralmente a largura da área de trabalho é de 400 a 600 mm.

Máquina usada para carimbar a identificação de cabedais. Diversar versões estão disponíveis, desde mecânicas até computadorizadas e de manuais à automáticas e de controle digital.

Máquina que reduz a espessura do couro nas partes que constituem o cabedal segundo os requisitos do perfil do modelo. O chanfro é obtido através de serra copo (navalha de chanfrar) de alta rotação e inclinação pré-definida. A operação pode ser conduzida manualmente ou com a ajuda de guias. A configuração de sistemas vai da tradicional à computadorizada.

Máquina configurada com mesas rotativas, painéis de fechamento com dobradiças ou cilindros de pressão para montagem à quente de reforços de vários tipos e materiais para cabedal. Versões de manual à mecanizada.

Diversas configurações disponíveis deste tipo de máquina que aplica fitas de reforço auto-adesivas nos lados do cabedal ou em partes deste. Elas desempenham diferentes operações adicionais como usinagem lateral e corte automático de fita.

Máquina de frisar e conformar adequada para perna de botas. Equipada com duas chapas verticais dentro das quais se move um braço que puxa o cabedal forçando este a deslizar entre as chapas.

Máquina equipada com mesa de trabalho e painél de impacto com matriz na qual é impresso o desenho a ser realizado. Realiza efeitos em estampa, gravação e também perfuração e corte. Versões de manual à automática.

Máquinas que produzem energia em alta frequência que aquece e amacia a cobertura do cabedal realizando relevos através de pressão no molde. Versões desde uso unitário até produção linear contínua.

A máquina realiza sequência de orifícios alinhados ao longo dos lados ou em conjunto na intermedíária das partes que constituem o cabedal. Máquina equipada com agulha de perfuração única e alimentação contínua. Um tipo peculiar de punção é usado para fazer os orifícios para passar os atacadores, que perfura simultaneamente o cabedal em ambos os lados.

Máquina que dobra a borda previamente chanfrada dos cabedais, usando adesivo termoplástico e intervenções de corte específicas em curvas côncavas e convexas. Existe uma gama de máquinas, do nível mais simples ao mais complexo, incluindo controle computadorizado dos parâmetros de processo.

Máquinas em versões de simples ferros de passar até prensas planas ou cilíndricas para aplicação de reforços a frio e quente no cabedal.

Maquinária e equipamento para aplicação de adesivos de reforço em partes, cabedais e forrações. Tipos de configuração são spray e rolo.

Máquina que realiza plissado reto ou em curva para criar padrões de decoração em cabedais, partes e componentes.

Unidade de costura incluindo superfície de suporte para o material. A unidade pode realizar vários tipos de ponto (laço, carreira simples ou dupla, alinhavada, zig-zag), diferentes tipos de costura (uma agulha, duas agulhas, reto, zig-zag) e tem diferentes sistemas de movimentação (dentes simples, dentes e agulha, agulha e pezinhos, outras.)

Unidade de costura com braço de suporte elevado para o material. A unidade pode realizar vários tipos de ponto (laço, carreira simples ou dupla, alinhavada, zig-zag), diferentes tipos de costura (uma agulha, duas agulhas, reto, zig-zag) e tem diferentes sistemas de movimentação (dentes simples, dentes e agulha, agulha e pezinhos, outras.)

Sistema de costura com suporte de material do tipo coluna. Pode realizar vários tipos de ponto (laço, carreira simples ou dupla, alinhavada, zig-zag), diferentes tipos de costura (uma agulha, duas agulhas, reto, zig-zag) e tem diferentes sistemas de movimentação (dentes simples, dentes e agulha, agulha e pezinhos, outras.)

Unidade de costura equipada com cabeças de ponto especiais e perfis. Nas versões com ponto fixo de alinhavado e agulha curva pode realizar vários tipos de emendas.

Máquina equipada com um longo suporte de bigorna com um painél de trabalho, particularmente adequada para rebater e prensar emendas de cabedais e botas

A máquina rebate a costura com dois rolos de pressão e simultaneamente aplica a fita de reforço de várias larguras na emenda.

Máquina equipada com facas laminadas oscilantes e dispositivo de alimentação por contra-facas, adequada para refilar forrações de cabedais. Disponível em diferentes versões dependendo das necessidade de produção.

Máquinas com estrutura de perfil sólido para costura encadeada juntando a parte de baixo do cabedal com a palmilha (método de montagem ensacado)

Máquinas com matriz de pressão para aplicação de ilhoses, rebites, ganchos, argolas. Varia de alimentação totalmente manual até sistema de alimentação automático de pequenas partes e alimentadora automática de material por etapas programadas.

Máquinas de controle numérico que realizam o desenho da ornamentação por arquivos vetoriais. São equipadas com uma ou mais cabeças para aplicação de vários enfeites de metal, como ilhoses, alfinetes, rebites. O couro é fixado em perfis especialmente preparados. Totalmente automatizada.

Os sistemas a laser para o couro usam uma fonte de CO2; a potência pode ser de 50 a 500 Watts. São normalmente equipadas com softwares especiais capazes de utilizar arquivos vetoriais e checar diversos parâmetros de processo: potência, velocidade, frequência. Os sistemas a laser são principalmente de dois tipos: plotagem e galvanométricos. No segundo o feixe de laser é controlado por espelhos especiais, se move a grande velocidade, garante resultados de alta qualidade e é utilizado para gravação, perfuração, corte, efeito de foto-varredura.

Máquina de prensagem equipada com matriz de formato adequado numa matriz a quente e, se disponível, matriz fria. Pode realizar uma dobra na parte frontal do cabedal plano para fazê-lo aderir facilmente à fôrma.

Máquina onde os cabedais com ilhoses são enlaçados numa determinada distância. Nós e refilagem de linha são feitos automaticamente.

Máquina pneumática que desvira o cano da bota. Regulável para qualquer tamanho de bota.