REFERENCE EXHIBITIONS IN ITALY
ASSOCIATED COMPANIES

ASSOMAC ONSTAGE

 

A03 – Maquinária de Acabamento

Estabelecer um processo de acabamento único e universal para o produto é muito difícil. As etapas destas operações são frequentemente reservadas e parte da competência exclusiva de curtimento. No entanto, os elementos comuns do processo de acabamento são: 1) Batimento a seco para amaciamento; 2) Amaciamento para tornar a pele flexível; 3) Revestimento de superfície para aparênca final. Os útimos estágios de acabamento são uma combinação de ação térmica e mecânica (calor e pressão) para dar lisura ao acabamento. Aplicação de filme na superfície bem como polimento e pulverização são realizados em peles particularmente defeituosas para recuperar o produto.

Fulões de bater a seco para amaciar o couro com movimento mecânico e umidade e temperatura controlada. Em adição à simples ação de amaciamento, alguns químicos para limpeza podem ser usados para obter efeitos especiais de moda desejados. Para isso os fulões podem ser equipados com dispositivos de dosagem de químicos.

Amaciamento e expansão de couro é o principal objetivo do processo de amaciamento e também contribui efetivamente para seu rendimento. As máquinas de amaciamento do tipo com cabeça vibratória são baseadas em pinos projetados para processamento de peles molhadas ou secas; o dispositivo mecânico e elétrico disponibiliza o movimento oscilatório sincronizado.

Amaciamento e expansão de couro é o principal objetivo do processo de amaciamento e também contribui efetivamente para seu rendimento. As máquinas de amaciamento do tipo rotativo são baseadas em cilíndros rotativos de vários tipos pelos quais passa o produto a ser processado. Particularmente aplicadas no processamento de couros de tamanho pequeno.

O processo de divisão da pele em camadas horizontais permite alcançar a espessura desejada e simultaneamente recuperar um subproduto (raspa), o qual é processado de uma forma semelhante à pele da qual deriva. Esta operação pode ser realizada em diferentes etapas do processo de manufatura. A divisão na fase de acabamento é praticada em peles acabadas utilizando máquinas equipadas com cintas laminadas circulares montadas em polias, especialmente projetadas para para facilitar a inrrodução da pele. Equipadas com sistemas de precisão micrométricos, como a inclinação da mesa de introdução e a posição da lâmina, que assegura o ajuste da espessura com grande precisão. As lâminas são automaticamente afiadas através de pedras de amolagem montadas no deslizador.

As máquinas são usadas na preparação do lado da carne de peles e couros, as quais removem as fibras e deixam uniforme a espessura de couros, usando lâminas afiadas montadas num cilíindro rotativo espiral. A afiação constante das lâminas é garantida por um carro móvel de polias amoladoras.

Máquinas cilíndricas equipadas com lixas ou esmerís para o processamento dos couros com efeito nobuck ou camurça, ou para corrigir qualquer defeito no lado da flor. Dispositivos de controle com guia hidráulica são usados para reverter rapidamente a direção da rotação do cilindro de alimentação e tornam mais fácil a extração manual do couro. Os sistemas são complementados por elementos específicos de extração e coleta de poeira.

Máquina de polir de alimentação por esteira sem fim para ambos os lados do couro, possível de utilizar em couros curtidos a vegetal (couro de sola, cabeça, flancos, etc.), nobuk, encerado, couro engraxado, raspas e couro curtido a cromo. O produto é introduzido através de esteiras as quais fazem a automação completa do ciclo de trabalho. São equipadas com sistemas de extração aptos a coletar a poeira de corte para disposição.

Máquinas de escovar e "desempoeirar" projetadas para limpeza de todos tipos de couro. Versões desse tipo de máquina estão disponíveis para todos requisitos de limpeza (jato de ar, múltiplas cabeças de sopro, escovas, etc.), eventualmente também com sistemas de vácuo para couros macios. Os sistemas são completados por elementos específicos para extração e coleta de poeira.

Cabines de pintura manual e automática para produção contínua. Estrutura metálica equipada com pistola de pintura ou braços robóticos e esteira de alimentação contínua. As cabines são equipadas com tubos para coleta e contenção de poeira. As pistolas podem ter várias configurações de movimento como braços vai-vém ou carrossel rotativo. Acessórios importantes das cabines de pintura são otimizadores de consumo de produtos químicos.

Linha completa de acabamento com secadora, equipada com esteira de guia de perlon ou haste de nylon, esteira de rede ou esteira de cintas. Os secadores podem ser equipados com sistema de aquecimento trabalhando com vapor, água quente, óleo diatérmico, gás, aquecedores catalícitos a gás, radiação produzida por eletricidade, microondas e outros.

Máquinas de aplicação de tinta através de cilindro para cobertura de cor e acabamento de superfície, para efeitos de impressão, impregnação, pigmentação, polimento e enchimento.

Dispositivos de aplicação de folhas de transfer: sistema baseado no conceito de calandra. Usualmente a ação de transferência do filme é focada em efeitos de moda. Esta técnica é desenvolvida para recuperar couros de baixa qualidade.

Máquinas rotativas contínuas para estiramento, estampagem, incrustração, polimento e esmaltagem de couros e peles. O processo consiste na passagem contínua do couro entre cilindros que pressionam a superfície, apoiados por um sistema de alimentação. Tempo, temperatura e pressão são ajustáveis de acordo com o produto.

O processo de estampagem é realizado para imprimir desenhos específicos na superfície da pele. O sistema de pressão é essencialmente composto de duas placas. O movimento vertical da placa inferior é realizado por sistema hidráulico. As próprias placas podem ser aquecidas e mantidas na temperatura desejada através de sistema elétrica ou de transferência de fluídos aquecidos.

Máquinas de esmaltagem para peles, através de um sistema de hastes com movimento vai e vém do braço de esmaltagem. Ação de esfrega, com cilíndro de polimento de material duro (ágata, vidro). Permite obter um efeito de brilho particularmente para peles exóticas.

Máquinas de polimento através da ação de esfrega com cilindro rotativo de polimento de vários materiais (lã, linho). Age sobre o couro melhorando a aparência, particularmente para polimento de napa.